"Cabeça levantada, sorriso no rosto e enfrentar a vida com todo o carinho."

"Certas memórias menos boas acabarão, com a ajuda de Deus, por se irem desvanecendo... faça por não pôr nelas o seu pensamento e começarão aos poucos a ser mais suaves.
"

27/05/2013

Santa Rita de Cássia.

Santa com vida de mártire.
Espiritualidade criadora e sabedoria infinita.
A vida de Santa Rita nos acalenta.
Passou a vida dentro de um grande sofrimento em família.
Após, sua conversão, tentativas variadas de ingressar no convento.
Sorte bendita dos seus companheiros espirituais que a ajudaram.
Negativas de todas as direções, até, que misticamente, bilocou-se.
E palavras se calaram.
Sofreu com o espinho na testa, que afastava uma série de pessoas, ao seu redor.
Sofrimentos, espinhos e rosas lindas completam a vida da Santa.
Talvez, àquele espinho, duro e sem cura, tenha sido, em vida, um sinal das rosas que seriam colhidas.
Na sua estrada e na sua vida.
Que Santa Rita nos ajude a retirar os espinhos e eliminar nossos inimigos.

.....................
Talvez seja isso, você passa a vida cuidando da espiritualidade, passa por tantas provas de alma, que nenhuma, mínima tentativa humana de denegrir sua estima é suficiente para intimidar passos.
E cantemos a libertação dos jugos de pessoas humanas e vaidosas, que nos tentam, por nos tentar.
Quanto a mim? Sinto-me livre e presa.
De nada tenho de Santidade como a Bendita Santa, mas tenho nas mãos a força do espírito de Deus.
Que me faz seguir, sem olhar para trás.

Amém.

19/05/2013

São Lázaro!

                                                  
Com gratidão, minha honra à São Lázaro.
Tão, de repente, entrou na minha vida.
Tudo que peço ao Santo, recebo de forma, quase que imediata.
Ele escuta nosso clamor, mas tem que ser um pedido verdadeiro.
Muitos são seus milagres.
O meu milagre aconteceu quando perdia o bebê.
Estava esperando a possibilidade da cirurgia, somada ainda a uma remota esperança do feto se desenvolver, rezei para São Lázaro.
Pedi que se fosse para nascer, que viesse ao mundo. 
Mas que se não fosse, para que me poupasse da dor de uma cirurgia e que parasse o sangramento.
No dia seguinte,11.09.2012, tive um aborto natural.
Deus tudo sabe...eu aceito e confio.
E sigo. Queria muito ter tido o bebê, mas esse ano, no dia das mães, em sonho, tive o entendimento.
Às vezes nossos caminhos, solitários, são cancelados pelo poder divino.

Para São Lázaro, meu carinho, minha gratidão e meus pedidos de proteção espiritual.
Contra o mal, contra a dor, contra tudo que impede a vida de ser vivida.
Canto com o senhor, agradeço as pedras, mas, sobretudo, clamo às que precisam sair, para que possamos renascer. Mari.

Risos felizes de uma cantiga menina.

Por certo tempo entendi que nem tudo que aprendemos é a verdade absoluta.
Essa é dona de si...e para chegar ao seu alcance, devemos aceitar que nem sempre a luz que se tenta é a correta.
Dimensões de dons, de vidas vêm de diversas formas ao vivente.
Semeando, colhendo ou plantando, quiçá!?
Temos os do nosso firmamento.
Demorei a entender meu caminho.
Mas hoje, vejo que teria sido muito mais fácil, se tivesse feito as escolhas certas à minha espiritualidade.
Você consegue sentir o seu(dom)?
Ele canta por você!
Risos felizes de uma cantiga menina.
 Mari!



O monte levanta por você!

Eu não sei se você percebe que a vida é um eterno levantar!?
Por muitas vezes, Deus permite que você caia, sofra, para receber os dons.
E depois de muitos sofrimentos, contínuos de dor, somente sentida por você, atravessa-se oceanos, mares sem fim....e de repente, tão assim você se torna um mare liberum.
E isso será assim.....você se tornará dono da sua história.
Por isso, diga sim ao monte que levanta.
Aceite suas limitações, mas avance no que puder, por um único motivo: a vida é vida.
Expressões de amor são levadas à Deus de vários modos.
Hoje é dia dos dons, dos sentidos....
Dia de celebrar.
Saiba que o monte levanta por você.

Mari

01/05/2013

Tempo..

Quanto tempo perdemos quando mentimos para nós mesmos(e passamos a acreditar numa verdade inexistente) ou quando deixamos de ser honestos conosco ou com os irmãos?
Ou quantas infinitas possibilidades de aproveitar e saborear a vida, abrindo as janelas para o sol aquecer?

Perdemos as oportunidades, ofertadas pela vida, de graça, e deixamos de sair dos casulos, construídos, de vários sabores. 

Um brinde, por favor, à vida, ao sol, ao mar, ao vento e ao sentimento puro do amor.  
Nem sempre,
este, é semeado no coração...mas a vida passa, o tempo corre e você tem o dever grato de mudar e modificar o mundo.....Bom dia para quem é de dia!

Beijos, Mari.