"Cabeça levantada, sorriso no rosto e enfrentar a vida com todo o carinho."

"Certas memórias menos boas acabarão, com a ajuda de Deus, por se irem desvanecendo... faça por não pôr nelas o seu pensamento e começarão aos poucos a ser mais suaves.
"

28/09/2012

Talvez uma melodia encontre guarida no meu silêncio.

Apenas um retorno de uma alma que vagueia.
Canções são alimentos, ainda.
E nos grilhões me fecho, circundo a alma.
Nunca mais como antes.
Talvez uma melodia encontre guarida no meu silêncio.
E consiga atravessar as fontes mais secretas do ser.
São sementes prontas.
A germinar.
São como pequenas doses de silêncio.
Mais ainda assim, tem pouso fixo no mar.
.....
Com gratidão, aceito, sim, esta canção.

Mari.

Queria cortar as arestas que separam o amor do amar.

Queria poder dizer eu te amo.
Contar as estrelas da vida.
As da ourora.
E pular no vértice do seu pensamento e fazer uma festa!
Queria cortar as arestas que separam o amor do amar.
E viver a vida.
Sem medidas.
Por ora, Senhor!

Maristella ou Mari....


São purificações de almas perdidas.

 Hoje, voltando do trabalho, tantos pensamentos..
Alguns, apenas lembranças.
Eu não sei...
Apenas não sinto.
A única coisa que me motiva, neste momento, é pensar em mim.
Tão somente.
Talvez esse egoísmo, algoz, seja, por ora, meu alimento.
Neste ciclo, me fecho.
Não que tenha razão.
Esta é dona de si.
...
Mas existe um canto, ainda.
Consigo sentir, incrivelmente.
Os talentos.
As devoções.
São purificações de almas perdidas.
Alguns encontros.
Elos do passado se fecham.
Numa grande transformação.
Com gratidão,
Maristella.

16/09/2012

Saboreio da sua força o que preciso para recomeçar.

Deus forte, 
Deus imortal,
Deus de nossas vidas e recomeços.
Senhor que sara nossas dores.
E nos acalenta a alma.
Senhor,
Amado, Senhor dos Senhores!
Exército de anjos nos protegem.
Senhor celestial, bendito,
Salve.
Saboreio da sua força o que preciso para recomeçar.
Diferente.
Não mais como antes.
As estrelas do céu já iluminam os desertos.
Com gratidão,
Sempre, 
Eu, imperfeitíssima alma, amo o Senhor.


10/09/2012

Mais do que força é necessário fé.

Mais do que força é necessário fé.
Por vezes, achamos que a dor nunca nos atingirá ou que o tempo da dor acabou.
Pobre do homem que pensa que está imune à sua imunidade e fraqueza de ser humano.
Na terra dos vivos.
Estamos numa vida de passagem, onde tudo que pisamos chama-se vaidade.
Essa, por vezes, toma conta de todos nós.
Poucos são os puros de coração...somente os inocentes batismais, realmente.
Eles estão próximos de Deus.
Eu não estou, não sou e nunca serei.
Pobre do homem, culto, mas desvalido de valores e que usa sua fé para dizer que é íntegro.
Quando por suas mãos fracas de homem torna-se incapaz diante do ser.
E hoje, mais consciente de que a vida escapa pelas mãos de todos nós.
Devemos, sim, ser melhores humanos.
Enquanto existe vida, enquanto o coração bate.
Tudo é incerto.
Pouco é limitado para ser um melhor humano.
E pense na causa e efeito da inevitável lei de retorno.
......
Nunca ninguém disse que a vida, aqui, na terra, seria fácil.
Enquanto isso lutemos dignamente pela vida!
E pela verdade, bandeiras.

Mari


05/09/2012

A infinita resposta é divina.

Não comandamos nada na vida.
E  a infinita resposta é divina.
Deus se mostra no seu tempo, na brisa que já não sou mais dona.
Ou nunca fui.
Ou quiçá viver a diminuta sorte de uma cantiga sem som.
Meus compassos estão sem firmamentos.
...........


E confesso que  não sou capaz de suportar.
Talvez seja isso: temos nossas cotas de dor na vida.

Com gratidão, obrigada, Senhor.
Pelo que tive, que tenho, que sonhei, que ousei.
E que pelos passos que já não são mais meus.

Maristella.

02/09/2012

Nossa Senhora do Bom Parto.

Nossa Senhora do Bom Parto,
Valei-nos!
Valei-me, por misericórdia divina.
Cuida da gravidez,  de todas as mulheres que sonham em ser mãe, as que sofrem nos hospitais com filhos prematuros, doentes.
Pelos inocentes batismais.
Pelos partos, pelas grávidas do mundo.
Pelas adoções de crianças!
 Meu pedido....
Como não existem impossíveis, clamamos a Deus, Nossa Senhora do Desterro, do Bom Parto.
E que seja feita a vontade de Deus.
Amém, amém e amém em honra à Santíssima Trindade.

........
Que o Arcanjo Rafael nos proteja e  cure o que precisa ser curado.
Amém
Mari

Vinde, Cordeiro de Deus!

Proteção dos meus Santos e Santas de devoção: Santa Luzia, Padre Pio, São Longuinho, Santa Gertudres, Consolata Betrone, Santa Joana Dárc, São Judas Tadeu, Santo Antônio, Categeró, São Bento, Santa Teresa, Santa Teresinha, São Jorge, Vinde!
.....................
Peço, Senhor a força dessas presenças.
Manto de Maria, Lágrimas de Sangue, dor do calvário.
Liberta-nos!
..................
São Miguel, São Rafael e São Gabriel!
Arcanjos!
A força!
Vinde.
................
Deus, Espírito Santo, Jesus Cristo: o Redentor!
Vem curar, fechar, selar.
Retira a dor da alma.
Fecha a cicatriz, Deus amado.
Celestial cordeiro que dá vida.
Não me permita passar por esta dor.
Vem, Senhor!
Chagas de Cristo, 9 estações benditas.
Seja a minha salvação.
A nossa.
...................................
Nossa Senhora, desterradora, cheia de glória, da paz, Imaculada Conceição.
Aparecida, Guadalupe, vinde!
Vinde glória de luz!
Manto, terço, lágrimas que me fecho.
Cruzo-me na vossa cruz, Senhor!
.........................
Proteção dos nossos antepassados: bisavós, tias avós até a enésima geração.
Almas do Purgatório, Benditas, Santas.
Valei-me, meu guia de proteção, que abre e fecha a porta, vinde!!!
Ofereço os milésimos de segundos das minhas dores para libertação das almas do purgatório e libertação ad eternum de mulheres que negaram a vida na vida..
Peço perdão por tudo que sou, pelos meus erros, pelos pecados que não recordo.
Por todas as vezes que meu orgulho, vaidade e luta  tomaram conta de mim.

Mari.