"Cabeça levantada, sorriso no rosto e enfrentar a vida com todo o carinho."

"Certas memórias menos boas acabarão, com a ajuda de Deus, por se irem desvanecendo... faça por não pôr nelas o seu pensamento e começarão aos poucos a ser mais suaves.
"

30/07/2010

Bens preciosos!


Queremos o tempo, o vento, a flor, o respeito, amizade.
Uma vida feliz, com a paz, saúde, bens mais preciosos.
Queremos nossa essência divina.
Ainda é tempo de renascimento, de vida, tempo em que nossas almas pedem paz, amor, sintonia, alegria, sonhos.
O que é um homem sem sonhos, não!?
Não temos um coração como o vosso, temos um coração humano, com tantos falhas.
Conserta a melodia, o movimento, a luz, a paz.
Peço-te que nos liberte sempre.
Dê-nos uma paz viva, uma liberdade concreta.
Deixa-nos renascer convosco!
Vem florir a nossa estrada!



Com amor, respeito e carinho, Mari.



Ilustrador: Renato Alarcão.

29/07/2010

Viver com paz, Senhor!



Quão preciosa a vida, os minutos, os segundos do dia.
Tudo passa tão rápido, os dias, os minutos, segundos.
Viver com paz, Senhor!
Clamamos em nossas vidas.
Desce num querubim lindo e nos traga a paz!
Precisamos dela para viver.
É um bálsamo, a força que nos alimenta.
Amém em honra à Santíssima Trindade.
Salmo 112: "...O seu coração, bem firmado, não temerá, até que veja cumprido seu desejo sobre todos os seus inimigos".
Com gratidão e clamando vossa força,
Mari.



O alvor!


Se pudesse despertar, eu romperia o alvor, eu subiria na mais alta montanha.
E assim, sentiria a recompensa da Glória de Deus.
Leria os mais belos sermões.
Beberia das fontes mais amigas.
Libertaria, por Deus e em seu nome: almas dos mais puros e próprios enganos.
Despertaria pelas boas obras.
Acolheria a leitura da vida.
E subiria os degraus deste meu caminhar.
Mari!

26/07/2010

A liberdade!


A liberdade sempre foi o meu norte, meu horizonte.

O que possamos fazer por nossa vida, nosso livramento, depende exclusivamente de nós.

Deus nos confere sempre esta sagrada oportunidade, basta alcançá-la.

São os firmamentos da alma.

Não nascemos para a fraqueza, nem tão pouco para sentimentos diminutos de alma..

Somos fortes em Deus e com Deus.

E mesmo que continuemos sendo tentados, existe a sabedoria divina a nos amparar com a sua destra.

Dispara setas, arruma estradas, governa nossas vidas.

Tão justamente.

Assim é Deus, que nos confere a possibilidade de quebrar toda a estrutura armada contra nossas vidas.

Basta seguirmos, sem olhar para trás.

O caminho de volta é sempre mais demorado e o que te faz prosseguir é a liberdade.
"A liberdade é azul".

Com gratidão.
Mari!

13/07/2010

Quero fazer da vida uma festa alegre,viva!




Quero fazer da vida uma festa alegre, viva!
Não posso passar em branco as páginas desta jornada.
Dê-me o firmamento, Senhor.
As linhas do arbítrio se cruzam, mas a do destino é una.
O que posso pedir, se tenho o que mais procurei em toda a vida?
Sim, embora im-per-fei-ta...consegui o maior presente que um ser humano pode colher.
E se minhas palavras não conseguem atingir a dimensão do seu amor, peço perdão.
Senhor, em suas mãos, a linha da minha vida, o ensaio, a peça pronta, o cenário, o espetáculo da vida!
Grata!
Gratidão por tudo, pelo meu respirar, meu acordar, minha vida, a vitória, a alegria, a flor que tenho e o sonhar.
A força, o poder e domínio estão depositadas em vossas mãos.
Com amor+ alegria.
Mari





04/07/2010

Vamos lá colher os nossos frutos!


Sim, eu não estou sozinha, em verdade nunca fiquei.
Por mais que o tempo frio me tentasse, eu apenas subi.
Tão certo que as estradas têm seu ritmo próprio, mas a melodia, Senhor, era una.
Tão envolta em sonhos, me refiz.
As subidas foram atentas à voz da melodia.
Eu subi, escalei, perdi, caí, mas continuei.
E se, hoje, perguntar qual a palavra que assopra o meu vento?!
Digo que é a ventania boa, Senhor!
Eu sou assim.
Doei muito da minha vida para ser uma alma fraca.
Se posso cair, tenho certeza que o levantar supera.
Eu chegarei ao lugar que tem para mim, porque creio nas vossas promessas.
Não são palavras soltas, estão no meu caminho, sempre estiveram.
A vida encarrega de mostrar a força.
E me uno, embora imperfeita, nos seus átrios!
Eu amo o Senhor.
E a única certeza que tenho é que Deus me ama.
Sigo!
Somos sementes.
Vamos lá colher os nossos frutos!
Estão há tempos nos esperando.
Eu hoje, realmente, compreendi.
Boa semana, com Cristo e em Cristo, trilharemos caminhos que quisermos.
Apenas eu mesma, Mari!